Início » Especiais, Justiça 2.0, Multimídia

Justiça Federal de segunda instância está integrada ao STJ Virtual

Superior Tribunal de Justiça 11 de setembro de 2009
Bookmark and Share

Fonte: Tribunal Regional da 4ª Região

“Em dois minutos, fizemos o que demoraria de seis a oito meses”, afirmou o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Cesar Asfor Rocha, ao concluir o envio dos primeiros processos virtuais do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre (RS), para o STJ, em Brasília.

A cerimônia, nesta sexta-feira (11), marcou a conclusão da integração de toda a Justiça Federal de segunda instância no programa Justiça na Era Virtual.

O TRF4, com jurisdição sobre a região Sul do país (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), envia mais de uma centena de processos por dia à apreciação do STJ. O trânsito desses processos, agora por meio eletrônico, sem o uso do papel, além de reduzir custos e tempo, dá maior transparência ao Judiciário, observou Cesar Rocha.

trf4O presidente do STJ manifestou ainda sua convicção de que o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS), que manda em média 186 processos diariamente ao STJ, também venha a participar, em breve, do programa Justiça na Era Virtual.

O vice-presidente do TRF4, desembargador federal Élcio Pinheiro de Castro, disse que “isso vai fazer com que a prestação jurisdicional seja mais rápida, porque nós vamos perder menos tempo em procurar documentos, em guardar documentos, tudo vai estar lá no computador, à disposição”.

Para o ministro Cesar Rocha, a eliminação do processo em papel consolida a condição de vanguarda do STJ. “Quando concluir o processo de digitalização, o STJ será o primeiro Tribunal do mundo a eliminar o papel. O sistema utilizado foi criado por técnicos do STJ e está sendo disponibilizado para qualquer tribunal, não só do Brasil, mas do mundo, que tenha interesse no projeto”, afirmou o presidente.

A conversão dos processos físicos em digitais teve início no Tribunal no dia 2 de janeiro de 2009. O ministro Cesar Rocha apresentou os resultados significativos dessa iniciativa. Até agosto, foram digitalizados 113.794 processos. Desde a primeira distribuição em junho, já foram julgados 11.880 processos eletrônicos. Essa modernização reduziu de 33 dias para 16 o tempo de publicação dos acórdãos.

Todo o esforço em modernizar o trâmite processual tem um objetivo maior – fazer a justiça chegar mais rápido aos cidadãos que buscam o Poder Judiciário. A modernização do sistema também chegou ao público: por uma sala de serviços judiciais, advogados e procuradores que tenham certificação digital podem peticionar eletronicamente, além de acessar os autos pela internet, 24 horas por dia, sete dias por semana.

Artigos Similares

Deixe seu comentário!

Por favor, mantenha o tópico em ordem. Spam não é permitido.

Você pode usar as seguintes tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>